NÃO ME SIGA, TAMBÉM NÃO SEI PARA ONDE ESTOU INDO!

FOLLOW  ME !!!!!!

Vamos montar um negócio de E-commerce? As oportunidades são novas, diferentes, abrem novos modelos de negócio, mas não se esqueçam, tudo é novo também para o seu concorrente, por isso, não siga tudo que ele faz ! Talvez ele esteja tão perdido quanto você !

Não saia por aí copiando sites, menus, funcionalidades sem antes entender como ela se encaixa no seu negócio. Atualmente posso assumir que 95% dos desenvolvimentos de sites de e-commerce são feitos com base no concorrente, e 5% realmente racionalizaram a sua operação e desenvolveram o negócio a partir das suas necessidades. Devemos ter em mente que nem tudo que nosso concorrente faz, está certo, que ele pode ter um ou dois anos no ar, e ainda não conseguiu colher seus frutos, pior, nem sabe ainda o que está dando errado. Mesmo que esteja dando certo, nem tudo que funciona para um negócio, obrigatoriamente funcionará no seu negócio.

O seu concorrente pode ter tido seu site construído com base numa colcha de retalho feita com a opinião dos executivos da empresa, sem um verdadeiro acompanhamento consultivo, o que provavelmente só serviu para inflar esses egos . É assim que normalmente funciona, até o dia que depois de tanto apanharem, resolvem olhar para dentro do negócio, chamar alguém que realmente possa entender o que se busca e trazer as soluções necessárias.

A outra forma muito utilizada é contratar um web design para que o site seja desenhado, e voilá ! 

O designer olha para um monte de sites buscando inspiração, passa alguns pontos com o contratante que juntos tomam algumas decisões que parecem fazer sentido e produzem o contratado. Meu questionamento aqui está voltado para o fato que, para se ter um site é necessário um estudo orientado a dados. Copiar o líder de mercado de um site de comércio eletrônico por exemplo, pode trazer consequências drásticas. Primeiro porque você não sabe a estratégia que vai por trás. Não ache que é o layout, a carinha bonita ou sua excelente navegação que o coloca como líder !

No mundo do ecommerce, fatos isolados, e análises superficiais, podem levar a prejuízos enormes, além de fazer com que você fique dando voltas, e quanto mais você tentar olhar para o concorrente, ao invés de tentar entender como seu usuário se comporta, mais você se perde !

” Mas a taxa de conversão do meu concorrente é X% ! “

Estabeleça a SUA taxa de conversão, e faça com que ela seja melhor do que a do mês passado. O fato do seu concorrente estar com uma taxa melhor que a sua, pode não significar grande coisa. Ele pode ter mais tráfego que você, estar direcionando com mais eficiência seus anúncios, ele pode ter feito uma grande promoção naquele período, e por isso sua taxa melhorou.

Veja bem: Seu tráfego aumenta muito, mas a taxa de conversão diminui drasticamente : O que isso significa no  SEU negócio? Onde mexer nessa equação? Minha audiência despencou, mas estou com excelente taxa de conversão, entretanto meu lucro não está satisfatório. E agora? Como agir ? Estão vendo? Essas análises devem ser vistas internamente, e mais, devem ser pensadas antes de se fazer o site, pois parte delas podem estar na sua arquitetura e navegação.

A vantagem da WEB é que quase tudo pode ser medido, o problema é não saber o que fazer com os dados.  

É possível saber o que as pessoas fazem no seu site, onde clicam, quanto tempo perdem, em que ponto abandonam, a grande questão é  : E aí ? E aí, que se podemos medir, podemos melhorar,  mas antes precisamos entender nosso usuário. No final estamos falando de ajudar os visitantes do seu site a sentirem-se melhor, e consequentemente alavancar e impulsionar a receita.

De novo não devemos cair na pegadinha de inferir sobre esses resultados, e determinar por exemplo que devido a grande permanência do usuário, significa que o site é atraente. Pode ser que esse tempo esteja sendo gasto por conta da dificuldade encontrada pelo usuário em preencher dados, ou encontrar o que procura. Seguindo por essa linha, e usando esse mesmo exemplo, se o tempo for diminuído pode representar melhoria no resultado das vendas. Tempo no site e taxa de rejeição podem fornecer informações adicionais, mas isoladamente não podem ser consideradas como principais métricas .

O alerta desse post, não tem como objetivo dizer que todos os seus concorrentes estão errados, e nem tão pouco que você deve re-inventar a roda, apenas serve para alertar que nesse universo digital, até os principais players ainda estão em busca de respostas, executam testes exaustivamente, erram e acertam através dos experimentos. Processos de venda digital, ainda não tèm uma receita pronta como encontramos no franchising, onde, os principais pilares do negócio já estão estabelecidos e que basta seguí-los que já temos 70% de chance de dar certo. Nesse universo, é preciso ter um olho para a fora e vários olhando para o negócio. O olho que está atento às inovações, dão o Norte, mas quem vai colocar o barco no melhor vento é a tripulação interna desse navio. Portanto, a cópia é uma hipótese, e você precisa então testá-la, executá-la em seu site atual, e ver se ele faz diferença. Em seguida, implemente ou descarte !

Boa sorte !

Sandra Magalhães

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s